Para Mitigação das Pragas Lançado o Projecto de Apoio ao Aumento de Produtividade dos Pequenos Produtores

FAO Apoia Ministério da Agricultura e Segurança Alimentar na Mitigação de Pragas
A cerimónia do lançamento do projecto foi dirigido pelo Ministro da Agricultura e Segurança Alimentar, Higino de Marrule, que durante a sua intervenção disse que, financiamento da USAID, para o projecto representa o inicio de mais um ciclo de esperança para os pequenos produtores, sendo que o foco reside na assistência técnica e a investigação agrária visando alcançar medidas de maneio e controlo de pragas.

Segundo o ministro da agricultura Higino de Marrule, o memorando do entendimento rubricado pelo ministério da agricultura e segurança alimentar, juntamente com o Fundo das Nações Unidades para alimentação (FAO), demonstra o comprometimento do governo no combate a lagarta do funil do milho no país.

“Para o efeito o projecto terá a duração de quatro anos, entretanto este é avaliado no valor de 5.6 milhões de dólares americanos desembolsados pela USAID para apoiar os pequenos agricultores no país e a FAO será o responsável pela gestão do fundo e assistência técnica”, disse.

Por seu turno, a directora interina da USAID em Moçambique, Sheryl Stumbras disse que, o apoio disponibilizado visa potenciar o sector agrícola com trabalhos de pesquisas virados para combate a doenças e pragas como é o caso da lagarta do funil do milho.

para Stumbras, Moçambique precisa ser protegido contra agentes de doenças como lagarta do funil do milho para atingir seu potencial e continuar a observar crescimento no sector agrícola, podendo assim  melhorar de renda  e eliminar a pobreza.

Na sua intervenção o Representante da FAO Olman Serrano disse que, a sua organização provera assistência técnica em estreita colaboração com MASA, com enfoque para Direcção Nacional de Silvicultura (DINAS), e ao Instituto de Investigação Agrária de Moçambique (IIAM).

“Com o projecto será possível reforçar a capacidade nacional de vigilância e controle de doenças bem como, a ligação entre extensão e a pesquisa para melhorar a prestação de serviços aos pequenos produtores através de promoção de práticas alimentares seguras, tecnologias e pesquisas”, disse Serrano.

A lagarta do funil do milho é considerada a principal praga do milho tem uma capacidade de afectar grandes áreas em pouco tempo, devido ao seu estado migratório, dai que a ocorrência desta espécie invasiva na região da SADC constituí uma ameaça a produção de milho

Artigos relacionados

English EN Portuguese PT