MASA Reflecte sobre Políticas Agrárias no País

O seminário que juntou vários intervenientes do sector agrário do país, foi dirigido pelo Director da Direcção de Planificação e Cooperação Internacional Delfim Vilissa que durante a sua intervenção disse que, espera que as pesquisas feitas no âmbito do Programa MAFAP ajudem na reformulação de políticas agrárias.
A Direcção de Planificação e Cooperação Internacional (DPCI), juntamente com FAO reuniram-se esta segunda-feira, em Maputo para reflectir sobre o impacto das politicas agrárias no país no âmbito do Programa de Monitoria de Politicas Agrárias.

Segundo o Director Vilissa, o seminário visa partilhar resultados de pesquisas que foram realizadas a luz do projecto MAFAP financiado pela FAO que tem como objectivo principal avaliar o desempenho do sector agrário de modo a formular as políticas vigentes. “ É de nosso interesse que as pesquisas que foram feitas pela MAFAP ajudem a reformular políticas agrárias para o desenvolvimento sócio económico do Paísˮ.
Este fez saber que em 2013 a 2017 iniciaram com a implementação do PNISA e em 2018 iniciou a segunda fase do PNISA a luz da avaliação e recomendações que foram feitas na primeira fase e neste momento pretende-se avaliar o sector agrário de modo que as politicas sejam incorporadas na segunda geração do PEDSA e PNISA a ser implantado em 2020.
Aliás de 2020 a 2030 vai iniciar a segunda fase do plano estratégico do sector agrário PEDSA que para sua efectivação vai implementar-se o PNISA em 2020 até 2024 onde as várias políticas estratégicas do sector agrário serão incorporados, de modo a desenvolver cada vez mais o país.
Por seu turno o representante da FAO em Moçambique Olman Serrano disse que o Programa MAFAP tem como objectivo apoiar e institucionalizar a monitoria de políticas agrárias e alimentares, para que os Governos e parceiros implementem as metodologias de forma autónoma.
Segundo Serrano em Moçambique o programa desenvolveu análises que medem os incentivos de preços e que analisam os níveis, a título de exemplo MAFAP desenvolveu estudos sobre alguns produtos, como˸ milho, frango, mandioca, arroz, algodão, bem como a composição da despesa pública agrária e alimentar no país.
Segundo sublinhou a fonte, o programa MAFAP tem vindo a produzir análises pontuais a pedido do Governo que visam apoiar os decisores políticos na tomada de decisões baseadas em factos. Nesta área, o MAFAP prestou apoio ao Instituto de Algodão de Moçambique (IAM) para análise do mecanismo de fixação de preço do algodão e este momento esta apoiar o IAM a revitalizar a cadeia de valor do sisal.
Entretanto, num futuro próximo o programa ira trabalhar na área das perdas pós colheitas, que imprescindível para o país.

Artigos relacionados

ordu escort escort kıbrıs izmit escort bodrum escort rize escort konya escort kırklareli escort van escort escort halkalı erzurum escort sivas escort samsun escort tokat escort