Criadas condições de Desenvolvimento na região Norte

O Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi, procedeu na manhã desta segunda-feira, 31 de Agosto o lançamento oficial da Agência de Desenvolvimento Integrado do Norte na cidade de Pemba, Província de Cabo Delgado

 Trata-se de uma instituição pública de promoção de acções de carácter multissectorial com vista ao desenvolvimento sócioeconómico com missão estratégica de desenvolvimento harmonioso integrado e equilibrado das províncias de Niassa, Cabo Delgado e Nampula.

Intervindo no acto do lançamento, o Presidente da República de Moçambique Filipe Nyusi, referiu que, a agência possui um mandato transversal que actua nos seguintes vectores:  assistência humanitária que a assegura o reassentamento temporário ou definitivo da população deslocada e presta assistência humanitária oportuna os que dela precisam incluindo os deslocados, desenvolvimento económico, resiliência comunitária e comunicação

Garantir ensino básico, serviços de assistência sanitária, abastecimento de água e saneamento as populações afectadas por eventos extremos. Tomar medidas que garantam a segurança alimentar das populações incluído a criação de condições para auto produção”.

O Segundo vector refere ao desenvolvimento económico na criação de oportunidades de emprego e formação para os jovens, promover iniciativa de investimento para o desenvolvimento socio económico das comunidades através de micro, pequenas e médias empresas. Criar condições para o envolvimento do sector privado no desenvolvimento económico e social, promover a construção de infraestruturas para o melhor acesso aos mercados e serviços.

Entretanto, o terceiro diz respeito a resiliência comunitária e capital humano ao coordenar e apoiar iniciativa de desenvolvimento orientada pelas comunidades de modo a privilegiar as contribuições no processo de desenvolvimento incluindo a prestação de serviços básicos.

O Chefe do Estado disse ainda que, as três províncias do Norte evidenciam altos níveis de concentração da produção agrícola e pecuária nomeadamente 88% em Niassa, 61 em Cabo Delgado e 40 em Nampula. O sector agrícola é dominado pela agricultura familiar com peso relativo do sector comercial concertado em culturas de rendimento. Estes investimentos apresentam-se como uma grande oportunidade para o Desenvolvimento do país.

Artigos relacionados

English EN Portuguese PT