Na Presente Safra: Baixo Limpopo prevê colher 24 mil toneladas de arroz

Na campanha 2018/2019 Gaza prevê colher 24 mil toneladas de arroz
Nesta presente safra de arroz a Província de Gaza espera colher cerca de 24 mil toneladas de arroz resultantes de uma área de plantação de 4300 hectares.

A cerimónia de lançamento da campanha da ceifa do arroz foi dirigida pelo Ministro da Agricultura e Segurança Alimentar, Higino de Marrule, no Regadio do Baixo Limpopo, na Cidade de Xai-Xai, Província Gaza.
No acto do lançamento oficial da ceifa do arroz naquele ponto, o Ministro da Agricultura e Segurança Alimentar, reconheceu que o projecto Wanbao, através da sua experiência e determinação tem transformado os desafios em oportunidades, onde as suas intervenções traduzem-se em aumento da produtividade Pornos e produção, geração da renda para as famílias, elevando a qualidade de vida dos mesmos.
Segundo o Ministro, no âmbito da cooperação com o Governo da China os níveis de produtividade no arroz saíram de 3.600 toneladas na campanha 2011/2012 para 24.000 toneladas produzidas na campanha 2017/18, uma evidência de aumento da produção.
“O programa de transferência de tecnologias de produção de arroz em parceria com Wanbao iniciou com 22 produtores na campanha 2011/2012 passando actualmente para 418 e a produtividade do arroz aumento o rendimento médio de 3,5 ton/ha na campanha de 2012/2013 para 7 ton/hectare na campanha 2017/2018”. Na ocasião o Ministro desafiou o Regadio de Baixo Limpopo a passar a sua experiência para outros regadios do país.
Por seu turno, a Governadora da Província de Gaza, Stella da Graça Pinto Novo Zeca disse que, a cerimónia comprova o crescimento que a província tem observado a cada ano. O arroz é a cultura de bandeira da Província de Gaza e é um produto exibido nas melhores prateleira dos mercados da capital do país porque é arroz de qualidade produzido pelos produtores locais o que constitui um orgulho para o sector agrário.
Na ocasião a Governadora, enalteceu o esforço e engajamento empreendido pelos produtores daquela parcela do país no aumento da produção e produtividade do arroz que é uma cultura de bandeira daquela província, facto que vai permitir que o país exporte poucas quantidades do arroz estrangeiro.
“Quero agradecer o apoio que o Governo de Moçambique tem dado a província com vista a alcançar as metas https://pornoschatz.com/videos/erste-person traçadas e dar contributo na produção de alimentos, bem como o apoio do Governo da China pelos projectos dinâmicos que tem trazido no sector agrário e tecnologias que permite que os produtores saiam 1.5 toneladas por hectare para 8 a 9 toneladas graças a tecnologia chinesas”

Artigos relacionados

ordu escort escort kıbrıs izmit escort bodrum escort rize escort konya escort kırklareli escort van escort escort halkalı erzurum escort sivas escort samsun escort tokat escort