MADER FAZ RENASCER O COMPLEXO AGRO-INDUSTRIAL DE CHÓKWÈ

Reactivou-se hoje, dia 13 de Outubro corrente, na província de Gaza, a fábrica de processamento de arroz em Chókwè que sita no Complexo Agro-industrial (CAIC). O acto foi testemunhado por Suas Excelências Celso Correia, Ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural, e Amosse Macamo, Secretário de Estado na Província de Gaza.
Segundo o Ministro da Agricultura, o empreendimento já tem pouco mais de 1000 toneladas para processamento em stock nos seus armazéns e está pronta para arrancar e com sustentabilidade, esperando-se atingir a máxima capacidade da fábrica na próxima campanha. Perante este facto, frisou que se completa assim a quinta cadeia de valor impulsionada pelo Programa de Intensificação de Produção de Arroz suportado pelo SUSTENTA.
O governante avançou ainda que à esta celebração junta-se a entrega das primeiras 04 ceifeiras para colheita de arroz, das 06 que já se encontram em território nacional. Salientou que estas máquinas surgem no corolário das visitas de monitoria que se tem estado a efectuar ao regadio de Chókwè, onde os produtores demandavam com insistência estes equipamentos.
De acordo com o Ministro da Agricultura, a acção do Governo no domínio dos regadios não se resume somente nas intervenções que se fez referência, mas integra a reabilitação de um total de 12.000 hectares nas Províncias de Gaza, Manica, Sofala, Zambézia e igualmente a facilitação de acesso à kits de produção para mais de 50.000 hectares para Pequenos Produtores.
Num outro momento, o dirigente testemunhou a parada de 194 novos extensionistas que totalizam agora um efectivo de 352 em Gaza. 100% dos extensionistas é jovem, abaixo de 36 anos e a maioria está no seu primeiro emprego, dentre eles 46% também são mulheres.
“E conforme temos tido a oportunidade de acompanhar, o Governo está a fazer tudo que pode, com os recursos que possui, para continuar a criar condições de trabalho de modo a que estes agentes da mudança possam liderar esta transformação de vidas que o SUSTENTA preconiza”, frisou Celso Correia.

Artigos relacionados

English EN Portuguese PT