Luísa Meque, Lança Semana da SADC na Cidade de Pemba

A Vice-Ministra da Agricultura e Segurança Alimentar, Luísa Celma Meque, procedeu esta sexta-feira 9 de Agosto do ano em curso, na Cidade de Pemba, Província de Cabo Delgado, o Lançamento oficial da semana alusiva à comemoração do 39° aniversário da criação da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC), que se assinala a 17 de Agosto próximo, sob o lema “SADC, pelo Empoderamento da Juventude na Produção Agrária para o Alcance da Soberania Alimentar”
Á margem da celebração vão decorrer diversas actividades de carácter político, económico e sócio-cultural que terão lugar em todo território nacional. Entre estas acções destacam˗se palestra sobre os objectivos da SADC.
Na ocasião a Vice˗Ministra sublinhou que, o lema foi escolhido em reconhecimento da importância que o Governo atribui à juventude como força motriz da transformação do sector agrário, tendo em vista a erradicação da insegurança alimentar e o alcance da autossuficiência e soberania alimentar de Moçambique.
Na mesma senda a Governante apelou à juventude para reflectir sobre o lema durante as comemorações do seu dia, que se assinala em todo o mundo a 12 de Agosto corrente, de forma a consciencializar a sociedade sobre a importância da participação da juventude na liderança dos processos de desenvolvimento nacional
“Do lado do Governo, continuaremos a implementar políticas públicas favoráveis à integração da juventude no processo produtivo, bem como a promoção de oportunidades de emprego e a título de exemplo no sector agrário no âmbito do programa de incubação de jovens serão integrados no sector agrário até ao presente mandato 3.000 jovens, nomeadamente os recém-graduados, pequenos produtores e jovens dos serviços cívicosˮ. referiu
Para Vice-Ministra da Agericultura e Segurança Alimentar, este constitui um dos exemplos que mostram o elevado comprometimento do Governo de Moçambique em continuar a contar com a juventude na linha da frente da transformação da economia nacional, com recuso a agricultura.
“Auguramos que este, seja o momento de troca de experiências entre os cidadãos da nossa região, na esperança de que reforcemos a nossa identidade comum e os laços históricos de amizade e cooperação que nos unemˮ.

Artigos relacionados

English EN Portuguese PT