INFRAESTRUTURAS DO REGADIO DE MUNDA-MUNDA NA ZAMBÉZIA MANTIVERAM-SE FIRMES APÓS A PASSAGEM DA DEPRESSÃO TROPICAL ANA

A informação foi dada a conhecer numa visita de trabalho efectuada recentemente pelo Coordenador do Projecto Irriga na Zambézia, Paulo Brito, onde deixou saber que a infraestrutura provou que é resiliente as mudanças climáticas.

Num outro momento, o Coordenador do Projecto avançou que dentro em breve irão deslocar-se para esta província uma equipa de peritos do Instituto Nacional de Irrigação para fazer um levantamento mais consistente por forma a avaliar a magnitude em termos específicos, relativamente as infraestruturas hidráulicas. Frisou que neste momento, o canal principal, a maior parte dos canais secundários e as infraestruturas de distribuição como o pico de pato estão intactas e as comportas estão a funcionar no seu normal.

Importa referir que, o Regadio tem uma área infraestruturada de 400 hectares, custou cerca de 3.8 milhões de dólares provenientes do financiamento do Governo Moçambicano e Banco Mundial e a gestão está a cargo dos agricultores locais.

Artigos relacionados

English EN Portuguese PT