1ª Dama da República quer mais impacto na consciencialização da Sociedade Moçambicana sobre o Papel da Mulher Rural no Desenvolvimento do Pais.

1ª Dama da República, Isaura Nyusi, defendeu na manhã de hoje (15/10), que as mulheres rurais constituem a força vital e integral no processo de desenvolvimento do nosso país, são a chave do progresso socio-económico, que mesmo diante de todos obstáculos procuram ser o orgulho das nossas aspirações para a contínua melhoria do meio rural.
Esta posição foi defendida em Maputo, no auditório do Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural (MADER), no âmbito da comemoração do Dia Internacional da Mulher Rural, celebrado sob o lema “Construindo a Resiliência das Mulheres Rurais, Face ao Covid-19”, onde participaram membros do governo, parceiros de cooperação, organizações não governamentais, fórum mulher, representantes de extensionistas a nível nacional, entre outros.
A Esposa do Presidente da República, saudou a sociedade civil e parceiros por trabalharem arduamente para obtenção de soluções para os desafios que as mulheres rurais enfrentam, cujos os resultados já são significativamente visíveis.
‶É com imensa satisfação que hoje, em representação de todas as mulheres do nosso pais, nos juntamos para honrar aquelas que, debaixo de muito sacrifício procuram não somente assegurar o sustento da família, mas sobretudo marcar a sua presença na acção produtiva e que tem impacto na consciencialização da sociedade sobre o papel da mulher rural no desenvolvimento do nosso país″. Salientou.
Segundo a Primeira Dama, foi olhando para este esforço que o Governo instituiu o programa SUSTENTA, que visa integrar a agricultura família em cadeias de valores produtivas e assim melhorar a qualidade de vida dos agregados familiares rurais, com a salvaguarda da participação e interesse das mulheres.
Ao terminar, salientou que o nosso país é propenso a ocorrência de eventos extremos do clima, com frequência de pelo menos um evento em cada ano, constituindo assim uma grande barreira para o rápido desenvolvimento económico e sustentável. Por um lado, os danos humanos e materiais, por outro a perda de culturas agrícolas, como consequência a vida da população está sujeita à ameaças e instabilidades constantes. Por haver consciência destes desafios, o governo aposta nas mulheres por compreender o grande papel que elas desempenham através das suas inumeráveis formas de participação em diversas actividades dentro da sociedade.
Intervindo na ocasião, a representante do fórum mulher, fez saber que a celebração desta data acontece num contexto atípico devido a pandemia da COVID-19, que veio aumentar os desafios dessa classe, contudo, as mulheres rurais não pararam de trabalhar e produzir apesar do contexto difícil, continuam a cuidar da terra, e a produzir alimentos nutritivos através de práticas agro-ecológicas.
Em representação da classe feminina, apelou ao governo para uma maior e melhor integração das mulheres rurais nas formações sobre o uso das tecnologias para que a sua participação na revisão da política nacional de terras seja efectiva.

Artigos relacionados

ordu escort escort kıbrıs izmit escort bodrum escort rize escort konya escort kırklareli escort van escort escort halkalı erzurum escort sivas escort samsun escort tokat escort