Lichinga aposta no Agronegócio

Para que os resultados sejam alcançados, conta-se com o financiamento da JICA – Agência Cooperação Internacional do Japão, bem como de uma Equipa da Extensão da Direcção Provincial da Agricultura e Pescas para ajudar os produtores a calcular valores básicos de rendimento, custos de produção e lucro.

 

O objectivo é de transformar a agricultura de subsistência para agricultura comercial orientada para o Mercado, através de pesquisa e criar aproximação entre os produtores e compradores retalhistas, enquadrado no âmbito da agricultura comercial desenvolvida pelos pequenos produtores.

 

Segundo o Director do Gabinete de Governador de Província do Niassa, Mauro Pius, há necessidade de se melhorar as condições de vida dos produtores e o envolvimento das mulheres na tomada de decisões nas actividades de planificação e pesquisa do Mercado, antes da comercialização.

 

Pius fez este pronunciamento, na última Sexta-feira (05/03), na Cidade de Lichinga, no decurso do primeiro seminário sobre a consolidação do sector.

 

Mauro_Henriques_Pius sublinhou que a ideia de transformar a agricultura em negócio visa aumentar a produção e a produtividade, de modo a melhorar a renda dos produtores, através da abordagem SHEP que tem em vista, transformar a agricultura em negócio e criar simetria de informação do Mercado, visando capacitar os pequenos produtores em matéria de pesquisa do Mercado.

 

A abordagem, pode ser usada em várias áreas de produção: cereais, leguminosas, horticultura e na pecuária.

Com a abordagem SHEP os produtores tornar-se-ão autónomos e competentes no relacionamento entre eles com os compradores ou retalhistas, promovendo a autodeterminação das actividades a serem desenvolvidas por eles.

giresun escort bayan

Artigos relacionados

English EN Portuguese PT