Inhambane: Praga afecta 27 mil hectares de milho

Em Inhambane, cerca de 27 mil hectares estão em risco. Trata-se da lagarta do “funil do milho” que assola sobretudo os distritos de Inharrime e Vilankulo.
Em toda a província, estima-se em cerca de 27 mil hectares afectados, mas com a intervenção as autoridades da Agricultura, a praga está ser controlada.
Na região de Pambarra a lagarta do funil do milho reduziu o esforço de uma associação que perdeu trinta e um dos cinquenta hectares.
“Nos esperávamos que em cada hectare pudéssemos colher três a quatro toneladas, mas com esta praga, com este prejuízo, poderemos colher uma a uma e meia tonelada, por hectare, no máximo” , lamentou Adriano Machava, presidente da Associação Agrícola Luta contra a Pobreza, de Pambara, no distrito de Vilankulo.
O porta-voz da Direcção provincial da Agricultura e Segurança Alimentar em Inhambane, Francisco Feijão disse que o sector está preocupado com e a eclosão da praga e no terreno estão os técnicos para ajudar os camponeses.
“Neste momento devido ao efeito desta praga, estamos a recomendar os produtores para que passem a fazer o tratamento preventivo”, disse. (RM Inhambane)

Artigos relacionados

English EN Portuguese PT