CELSO CORREIA INAUGURA UNIDADE DE PROCESSAMENTO DE CARNE EM PANDA

Trata-se do segundo maior matadouro industrial do país, depois do Mozbeef em Manica, com capacidade para 3500 toneladas por ano, fruto de um investimento privado de 240 milhões de meticais, e que vai criar 50 postos de emprego.

Na ocasião, o Ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural garantiu que, com base na estratégia nacional de desenvolvimento do sector pecuário e com o grau de confiança que existe, projecta-se que daqui a 2 anos Moçambique possa ser auto-suficiente na produção de carne de primeira e de segunda. Significando que já não haverá necessidade de importar mais carne no país.

O governante avançou ainda que, através do programa SUSTENTA, pretende-se lançar uma iniciativa de melhoria da genética do efectivo de gado bovino em Moçambique. Frisou que neste momento o Governo já procedeu com a aquisição de 1000 touros que irão garantir o melhoramento do gado bovino geneticamente no país, concretamente na produção familiar.

Reiterou junto aos Administradores Distritais presentes e a Secretária de Estado em Inhambane, em particular, para que se estimule esta cadeia de valor por forma a abastecer a indústria ora inaugurada de modo que possa desempenhar o seu papel de estimular a economia provincial, em primeiro lugar, e depois a nacional.

Num outro momento, o dirigente testemunhou o juramento do exército de produção composto por 150 novos extensionistas que totalizam 350 na província de Inhambane, com destaque para 120 mulheres. Igualmente, procedeu com a entrega de 117 motorizadas.

Desejou um bom trabalho a todos os extensionistas e garantiu tudo fazer para continuar a criar condições com vista ao desempenho da tarefa da melhor maneira através de meios de produção e capacitação contínua.

Artigos relacionados

English EN Portuguese PT